Quanto fatura um escritório de contabilidade (e como diversificar as receitas)

11quanto fatura um escritório de contabilidade0

Interessado em descobrir quanto fatura um escritório de contabilidade?

Então, é provável que você esteja interessado em se tornar um empresário contábil e explorar as potencialidades deste mercado em constante transformação.

O tamanho do faturamento de um escritório de contabilidade depende de uma série de variáveis, a começar pelo modelo de negócio.

A receita é importante, mas você deve atentar-se também a outros aspectos da gestão, como lucratividade e escalabilidade. 

Continue a leitura até o final deste artigo para saber mais! 

Quanto fatura um escritório de contabilidade?

Depende.

Há levantamentos sobre quanto fatura um escritório de contabilidade, mas os números retratam uma realidade genérica, que pode ou não fazer sentido para o propósito de negócio.

Uma pesquisa nacional de empresas contábeis feita em 2017, com 245 escritórios de diversas regiões do Brasil, mostra que 80% das empresas do segmento faturam até R$ 1 milhão por ano.

Considerando os limites de receita para o Simples Nacional, por exemplo, a maioria se encaixa na categoria de Microempresa (ME) ou Empresas de Pequeno Porte (EPP).

Descobrir quanto fatura um escritório contábil é uma informação relevante para quem está na fase de estruturação do plano de negócios, mas é preciso ir além.

Com a revolução digital e o surgimento de diversas ferramentas tecnológicas, as empresas contábeis se viram diante de dois caminhos:

  1. Adotar a contabilidade online e de baixo custo, geralmente focada em oferecer serviços básicos valendo-se da tecnologia e automatização em larga escala
  2. Adotar uma contabilidade consultiva, de alto valor agregado, em que o profissional contábil se torna parceiro estratégico do seu cliente.

Na primeira hipótese, a estratégia parte do pressuposto de que o baixo custo abre portas para um crescimento exponencial da base de clientes.

Na segunda hipótese, há limitações em termos de volume, afinal, a contabilidade consultiva é um serviço que exige dedicação do profissional contábil.

Contudo, trata-se de um serviço altamente valorizado, que pode ser muito lucrativo mesmo que o volume de clientes seja menor.

A boa notícia é que dá para aliar o melhor dos dois mundos: apropriar-se das ferramentas digitais para automatizar tarefas repetitivas e oferecer, ao mesmo tempo, serviços de consultoria contábil que atendam às necessidades do seu cliente.

Como aumentar o faturamento do escritório

Aumentar o faturamento do escritório pode e deve fazer parte do plano estratégico de sua empresa, desde que o crescimento seja sustentável e organizado. 

Nesse aspecto, o aumento de receitas deve ser acompanhado de melhorias de outros indicadores de performance, como margens de lucro, ticket médio, ponto de equilíbrio, etc. 

Você pode aumentar o faturamento de sua empresa basicamente de duas maneiras:

  1. Vendendo os mesmos serviços para novos clientes
  2. Vendendo novos serviços para os mesmos clientes.

Uma empresa de contabilidade que oferece um pacote de serviços básicos, facilmente automatizados, pode aumentar sua base de clientes sem necessariamente aumentar os custos na mesma proporção, a chave para escalar o negócio.

Com os serviços rotineiros no piloto automático, o contador e sua equipe têm tempo para se dedicar a criar novos serviços para os mesmos clientes e turbinar o ticket médio. 

Para fazer isso, contudo, é preciso tempo para estreitar o relacionamento com o cliente e entender suas reais necessidades.

8 ideias para diversificar as receitas do escritório contábil

Determinar o quanto fatura um escritório de contabilidade, como vimos, é uma equação que depende de diferentes variáveis.

Se o seu objetivo é crescer e melhorar a rentabilidade do seu negócio, diversificando as fontes de receitas, precisará sair da zona de conforto e fazer diferente.

A seguir, confira algumas ideias.

1. Indicadores de performance

A implantação e o monitoramento de indicadores de desempenho é um serviço que pode agregar muito valor ao negócio do seu cliente — e ao seu caixa.

Por meio dos KPIs, o empresário consegue medir e comparar a performance do seu negócio nos níveis estratégico, tático e operacional. 

2. Planejamento de negócios

Você também pode ajudar seu cliente a criar e aprimorar planos de negócio, seja na abertura da empresa ou em projetos de expansão.

Um plano estratégico deve ter orçamentos e planejamento financeiro, temas com os quais os contadores estão habituados a lidar.

3. Planejamento tributário

O planejamento tributário também é uma demanda constante de empresas dos mais diversos segmentos.

Ao alinhar diferentes estratégias visando à redução da carga tributária dentro dos limites da legislação, o contador reduz custos para o seu cliente e solidifica ainda mais a relação de parceria e confiança.

4. Consultoria fiscal, trabalhista e tributária

O trabalho de consultoria fiscal, trabalhista e tributária consiste em oferecer a seu cliente aconselhamentos sobre as melhores decisões a serem tomadas, ajudando-o a evitar erros e inconformidades que podem resultar em prejuízos e processos.

5. Consultoria em licitações

No caso das licitações públicas, que são processos burocráticos por natureza, um pequeno deslize pode desclassificar uma empresa em um certame. 

Especializar-se na área, prestando consultoria, por exemplo, para micro e pequenas empresas, pode render boas fontes de receitas para seu escritório. 

6. Consultoria em valuation

O processo de avaliação de empresas também pode ser um nicho de oportunidade que você, como profissional contábil, pode explorar. 

Essa demanda aparece, por exemplo, quando seu cliente se depara com boas oportunidades de investimento

Captar recursos, admitindo a entrada de novos sócios, pode ser uma boa estratégia de crescimento, mas é preciso fazer uma avaliação sensata do negócio.

7. Auditoria contábil

Interna ou externa, a auditoria contábil é um procedimento que tem como objetivo fazer uma análise minuciosa dos registros e documentos da empresa. 

A demanda por serviços desse tipo pode surgir do próprio cliente, que deseja certificar-se de que sua organização está em ordem, ou de órgãos externos.

8. Terceirização das demandas internas

Você pode melhorar os indicadores de sua empresa contábil também por meio de uma estratégia que tem tudo a ver com otimização de processos: a terceirização.

Ao delegar a uma empresa especialista as rotinas contábeis do seu próprio escritório, você ganha tempo para pensar em estratégias de diversificação de receitas.

Se você quer se tornar um contador consultivo, mas ainda se vê atarefado com as rotinas básicas do seu próprio escritório, a Fábrica de Contabilidade tem a solução. 

Cuidamos de todas as suas demandas operacionais para você se especializar e ter tempo para entender as reais necessidades do seu cliente.

Quer melhorar a rentabilidade da sua empresa contábil?

Então, venha para a Fábrica de Contabilidade e descubra como podemos te ajudar!

Leave a Reply